Categorias
Natureba Remédios Naturais Saúde Vídeos

1 Colher de Azeite de Oliva Por Dia Te Dará Todos Esses Benefícios

Você já ouviu falar na dieta mediterrânea? Essa dieta se popularizou após um pesquisador norte-americano estudar os hábitos alimentares de diversos países e perceber que as pessoas que vivem na região mediterrânea tinham menor incidência de doenças cardiovasculares, apesar de consumirem uma dieta rica em gordura. Nessa dieta, o azeite de oliva é um dos elementos mais importantes, não só por seu uso culinário, mas também devido a suas propriedades medicinais. No vídeo de hoje vamos te mostrar alguns dos benefícios que você obtém ao consumir o azeite de oliva, especialmente em jejum pela manhã: Absorver melhor os nutrientes Além de ser rico em vitaminas A, D, E e K e antioxidantes, o azeite de oliva favorece a absorção de cálcio, do fósforo, do magnésio e do zinco.

Perder peso Praticantes da dieta mediterrânea costumam tomar 1/4 de copo de azeite de oliva pela manhã para perder peso. Isso porque o azeite te mantém saciado por mais tempo, assim, você acaba comendo menos, o que favorece o emagrecimento. Proteger o coração O azeite de oliva contém polifenóis que protegem o coração, reduzindo a ação dos radicais livres e impedindo as placas de gordura de aderirem às artérias além de ter um efeito anti-inflamatório. Prevenir doenças cardiovasculares Esse ingrediente é rico em gordura monoinsaturada, muito benéfica para o organismo, sobretudo para o sistema circulatório.

Além disso, ele ajuda a equilibrar o colesterol, os níveis de triglicérides no sangue, e a pressão arterial. Melhorar a pele O consumo do azeite de oliva fornece nutrientes com efeitos anti-envelhecimento conhecidos. Além disso, o consumo habitual do azeite na dieta contribui para a prevenção do melanoma, um dos piores tipos de câncer de pele. Reduzir os níveis de açúcar no sangue Estudos apontam que o azeite de oliva ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis, após uma refeição, em comparação a outros óleos vegetais. Melhorar a digestão O azeite de oliva tem a capacidade de reduzir a secreção de ácidos gástricos protegendo o estômago, além de ajudar a vesícula biliar, de forma que produza mais bile, quebrando as gorduras para que sejam absorvidas mais facilmente.

Ele também protege o intestino de danos causados às suas células, que poderiam originar um câncer. Além de melhorar o trânsito intestinal, ajuda a aliviar a constipação. Desintoxicar A combinação do azeite de oliva com o limão é muito benéfica principalmente para o fígado, órgão com papel fundamental de desintoxicar nosso organismo. Amigo do cérebro O azeite de oliva é muito benéfico para o cérebro, principalmente por ser rico em gorduras monoinsaturadas, que desempenham papel importante na formação de tecidos cerebrais, além de melhorar a cognição e a memória. Se estiver pensando em consumir o azeite de oliva, procure escolher um azeite de marca confiável e de ingerí-lo em temperatura ambiente. Recomenda-se diluir uma colher (sopa) de azeite num copo de água e adicionar o suco de meio limão e beber ainda em jejum, pela manhã. .

Quero Ser Saudável

Categorias
Natureba Remédios Naturais Saúde Vídeos

Purifique seu Fígado com Estes 4 Ingredientes

Você provavelmente já teve períodos da vida em que pensou em cuidar mais da dieta, ou talvez esteja fazendo isso agora. Seja para emagrecer ou para reconquistar a saúde perdida ou se blindar contra problemas futuros, uma coisa é fato: nossa dieta tem papel importante em nosso bem estar. Porém, nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos: por vezes, a tentação acaba sendo grande e comemos errado. E as guloseimas e produtos processados estão por toda parte, em embalagens atraentes e práticas, o que torna tudo mais difícil. Basta um exagero na comilança aqui e ali e os sintomas começam a aparecer: inchaço, falta de apetite e náusea são alguns dos sintomas comuns de que seu corpo pode estar cheio de toxinas.

Essas toxinas são substâncias nocivas encontradas em alimentos, como conservantes, aditivos, adoçantes e corantes, para citar alguns. Se por um lado, podemos intoxicar o organismo comendo certos tipos de alimento, o contrário também é verdadeiro. De fato, existem alimentos que ajudam a desintoxicar o organismo de forma natural e saudável. A desintoxicação nada mais é que o processo de eliminação dos excessos e das toxinas acumuladas no organismo. E, nesse processo, o principal ator é o fígado, órgão responsável por metabolizar e armazenar nutrientes.

Dependendo do nosso estilo de vida e de nossos hábitos alimentares, o fígado pode ter suas funções sobrecarregadas, o que causa um acúmulo de toxinas indesejadas, que podem gerar até o mau funcionamento do intestino. Alguns alimentos como a cenoura, o tomate, a toranja, o espinafre, o repolho e o alho, possuem propriedades benéficas para esse órgão e o ajudam a realizar seu papel. O gengibre é também muito indicado por ter propriedades anti-inflamatórias, digestivas e antimicrobianas que beneficiam o intestino e a digestão de gorduras, facilitando trabalho do fígado.

Há também algumas receitas, como a que vamos te mostrar agora, que ajudam a limpar o fígado: Ingredientes 1 colher (sopa) de azeite extravirgem de oliva 1 colher (sopa) de suco da limão extraído na hora Meia colher (sopa) de gengibre ralado Meia colher (sopa) de alho picado Para preparar é bem simples, basta triturar todos os ingredientes no liquidificador. Não é necessário colocar água, mas pode adicionar um pouco se achar que a bebida ficou muito grossa. Recomenda-se tomar a bebida por três noites, pouco antes de dormir. .

Quero Ser Saudável